A Cibercultura dentro do filme Matrix

Matrix….sempre assistindo…o novo cedendo lugar para o mais novo!

Almanaque da Cibercultura

Um mundo onde tudo aquilo que você vê e ouve não passa de ilusão, de miragem, de uma imagem sonorizada de computador projetada não numa tela, mas diretamente no seu cérebro: este é o mundo criado por Matrix, a máquina que tornou o homem obsoleto.
O dicionário  Macmillan da língua inglesa, edição de 1973,  define a palavra Matrix como significando: 1. aquilo em que algo se origina, desenvolve-se, forma-se ou é contido; 2. útero; deriva do latim, onde significava útero, origem, a partir da palavra mater, mãe.
Naquela espantosa cena que mostra incontáveis recipientes em forma de banheira, cheios de um líquido viscoso, arrumados em camadas à volta de colunas incrivelmente grossas e altas, cada qual contendo um corpo humano ligado, por inúmeros tubos e cabos, a algum ponto atrás do recipiente, é quase inevitável pensarmos em um número infinito de úteros artificiais, onde os…

Ver o post original 3.558 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s