CALMA!

Navegando pela infovia, me deparo com este texto-poema-manifesta-oração lá na página da Bel Galvão. Axé! A fé não costuma faiá!.

Ílé Ásé Íyámí Ómí Tútú

Calma!
Para silenciar esse barulho interior
Para voltar a ouvir a voz do meu senhor
Para a paz renascer em mim

Calma!
Mesmo quando nada do que reza acontece
Mesmo quando o tempo não favorece
Mesmo que seja preciso tentar outra vez

Calma!
Que essa tormenta logo vai passar
Que as agruras, Oxalá vai abrandar
Que um novo dia já vai raiar

Ifadeyin Fakolade

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s