HQs virtuais inovam na estética e garantem… – Arquimedes Pessoni

Excelente artigo do colega Arquimedes. boa leitura!

arquimedes

HQs virtuais inovam na estética e garantem interatividade entre artistas e leitores
Os quadrinhos de Sieber e Dahmer disponibilizados no ambiente virtual viram objeto de estudo da USCS e revelam novos padrões de criação, armazenamento e divulgação
(São Caetano do Sul – SP) – Em plena ditadura militar – anos 70 e 80 –, as HQs (Histórias em Quadrinhos) marcaram espaço em jornais de esquerda e fanzines brasileiros, onde quadrinistas se armavam de criatividade para criticar o sistema político. Na era digital, novas gerações migraram para a Internet para dar vida a histórias que discutem temas sociais contemporâneos, um fenômeno que motivou um estudo acadêmico, concluído no primeiro semestre deste ano, na USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul), com análises sobre as HQs virtuais.
Sob a ótica dos artistas Allan Sieber e André Dahmer, ícones neste tipo de produção, Flávio Padovani desenvolveu a dissertação Inovações nos quadrinhos autorias brasileiros no ambiente virtual, onde resgata a história e reflete sobre as temáticas sociais tratadas por esses artistas nas HQs produzidas para domínios virtuais a partir de meados de 1990. O trabalho identifica características estéticas, temáticas, de produção e de difusão dos quadrinhos na Internet.

capitão américa
Segundo o autor, o estudo evidencia as inovações dos quadrinhos autorais brasileiros, que passaram por um período de censura e por outro de instabilidade econômica, e atualmente vivenciam a liberdade para criar. “Uma das preocupações era mostrar como as HQs se transformaram com o passar do tempo, atendendo a novas demandas sociais e estilísticas. E o advento da Internet propiciou o acesso das massas a esse tipo de produção em ambientes de interatividade, renovando e inovando a criação, armazenagem e divulgação dos quadrinhos.”
RESULTADOS – A primeira observação de Padovani ao analisar as obras dos artistas é que houve maior abrangência dessas produções que, segundo ele, atreladas ao movimento de contracultura underground dos Estados Unidos, em sua maioria em preto e branco, inseriram-se no contexto brasileiro de massa como forma de fazer crítica.
O pesquisador também constatou a mensuração dos efeitos que as HQs provocam no público massivo com base no número de cliques em opções como “Curtir” e “Compartilhar” nas redes sociais para cada trabalho publicado. Além disso, identificou como ocorre a interatividade. “O público opina, critica e discute as HQs com os autores, em uma comunicação de mão dupla”, ressalta.
Outro apontamento evidencia um novo formato na distribuição dos quadrinhos, em muitos casos, são exibidas obras inacabadas, ou rascunhos de trabalhos e textos. Sieber e Dahmer, inclusive, usam a crítica em seu sentido mais ideológico. “Ambos publicam suas opiniões e expressam suas ideologias com o fim de fazer dos espaços virtuais um lugar de debate”, conta Padovani.
Para o autor, este trabalho é importante porque estabelece as histórias em quadrinhos como produtos midiáticos sintagmáticos que “favorecem uma crítica paradigmática por meio de figuras, muitas vezes minimalistas, abrindo espaço na esfera social para discutir temas contemporâneos da cultura midiática que afetam o cidadão”.

hq.1
Na avaliação do orientador da pesquisa, professor doutor Roberto Elísio dos Santos, o estudo “demonstra que a internet possibilita maior liberdade para os quadrinistas, que não dependem de decisões editoriais para publicar seus trabalhos, e, ao mesmo tempo, permite uma interação entre os criadores e seu público”.
A dissertação de mestrado de Flávio Padovani, Inovações nos quadrinhos autorias brasileiros no ambiente virtual, está disponível para consulta – na íntegra – no link:
http://www.uscs.edu.br/…/pdf/DISSERTACAO_FLAVIO_PADOVANI.pdf
Sobre o Mestrado em Comunicação
O programa de Mestrado em Comunicação da USCS objetiva contribuir com a geração e difusão do conhecimento científico no campo da Comunicação e, com isso, dar consecução à missão da universidade junto à comunidade interna e externa. Pretende ainda contribuir na formação de pesquisadores e docentes com visão crítica e científica do campo da Comunicação face a uma sociedade em constante transformação. Informações sobre o programa: http://www.uscs.edu.br/posstricto/comunicacao/.

via (6) HQs virtuais inovam na estética e garantem… – Arquimedes Pessoni.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s