Eduardo Galeano , A estrela brilhante da América Latina

Aprendi a me reconhecer como pessoa e aprimorar minha identidade latino-americana, lendo As Veias Abertas da América Latina. 

Hoje compreendo o mundo de outra maneira e agora me deparo com a veia aberta no meu peito com a partida da matéria dessa pessoa que ensinou a mim e várias outras gerações o valor de ser latino americano.  Brilha no céu uma estrela latino americana. 

Josie Conti é colega dessa rede virtual, psicóloga por formação, blogueira por opção. Conforme descrito no seu blog , abandonou o serviço público para manter valores pessoais e,  hoje trabalha prioritariamente na internet com criação e seleção de conteúdo, quem quiser conhecer melhor o trabalho dela CONTI outra no Facebook.

Compartilho o texto dela, o qual eu gostaria de ter escrito, pois comungo literalmente as palavras e sentimentos sobre a partida de Eduardo Galeano, que dormia tranquilo e sonhava o dia inteiro. Nos ensinou caminhos para Ver além do que convém , aprimorando o exercício crítico de quem não se conforma com o que percebe. Eduardo Galeano, foi jornalista e escritor uruguaio, na bagagem mais de 40 obras publicadas, transcendeu gêneros ortodoxos, combinou ficção, jornalismo, análise política e História e permanecerá vivo em nossa memória. Josie ilustrou com imagens do surrealista Marc Chagall trechos que nos remete a obra de Eduardo Galeano, e como ela mesmo escreveu, convido-os para um passeio.

“A utopia está lá no horizonte. Me aproximo dois passos, ela se afasta dois passos. Caminho dez passos e o horizonte corre dez passos. Por mais que eu caminhe, jamais alcançarei. Para que serve a utopia? Serve para isso: para que eu não deixe de caminhar.”

Eduardo Galeano- citando Fernando Birri

01_La-Vie-paysanne_-1925_01
La vie paysanne, 1925- Marc Chagall

“Vivemos em plena cultura da aparência: o contrato de casamento importa mais que o amor, o funeral mais que o morto, as roupas mais do que o corpo e a missa mais do que Deus.”

Eduardo Galeano

98389f1fbdc6be4f72918ce2ee5ca029
John Myatt – Wedding Flowers in the style of Marc Chagall

“Assovia o vento dentro de mim.
Estou despido. Dono de nada, dono de ninguém, nem mesmo dono de minhas certezas, sou minha cara contra o vento, a contravento, e sou o vento que bate em minha cara.”

Eduardo Galeano

10294278_787967497881288_7707326016505162628_n
The Blue Violinist , 1947- Marc Chagall

“Na luta do bem contra o mal, é sempre o povo que morre.”

Eduardo Galeano

1327580489_prosveschenie
Eu e a Aldeia, 1911- Marc Chagall

“Na parede de um botequim de Madri, um cartaz avisa: Proibido cantar. Na parede do aeroporto do Rio de Janeiro, um aviso informa: É proibido brincar com os carrinhos porta-bagagem. Ou seja: Ainda existe gente que canta, ainda existe gente que brinca.”

Eduardo Galeano

Chagall_Circus
Circus Horse, 1964- Marc Chagall

“Até que os leões tenham seus próprios historiadores, as histórias de caçadas continuarão glorificando o caçador.”

Eduardo Galeano

cow-with-parasol-1946
Cow with parasol, 1946- Marc Chagall

“Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos.”

Eduardo Galeano

marc-chagall-9
Imagem do filme de animação Marc Chagall

“Não consigo dormir. Tenho uma mulher atravessada entre minhas pálpebras. Se pudesse, diria a ela que fosse embora; mas tenho uma mulher atravessada em minha garganta.”

Eduardo Galeano

over-the-town-1918
Over the town, 1918- Marc Chagall

E, para encerrar, o escritor conta a história sobre a definição de utopia.

__________________________________________________

http://www.contioutra.com/alem-convencional-textos-de-eduardo-galeano-e-obras-de-marc-chagall/

imagem da capa: Móbile do Calder

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s