O que é isso (ex) companheiro? Meus heróis na lata de lixo da história.

 

gabeira.6

 

 

 

 

 

Fernando Gabeira: nos anos 70, era assim que ele chamava a atenção da mídia…

 

gabeira.7

 

 

Agora ele faz isso…

O ex o que é isso companheiro se coloca como defensor dos direitos humanos e das causas da minoria, com verniz “politicamente correto”  se apresenta na defesa de posições polêmicas consideradas tabus na sociedade brasileira. Foi deputado federal de 1995 a 2011 em quatro mandatos consecutivos. Participou da luta armada contra a ditadura como militante do MR8, lutou para implantar o socialismo no país, ao mesmo tempo atuava como repórter no Jornal do Brasil no Rio de Janeiro. Participou do sequestro do embaixador Charles Elbrick na semana da Pátria de 1969, como forma de pressionar o regime militar a libertar presos políticos ligados às organizações clandestinas de esquerda que lutavam contra o regime de força. Em 1970 no calor do Tricampeonato mundial, quando os gritos da torcida brasileira abafavam os berros e as dores que soavam nos porões das prisões. Fernando Gabeira enfrentou a ditadura e por ela foi preso. Na fuga foi atingido por uma bala nas costas e teve o rim, estômago e fígado perfurado. Depois de preso foi trocado por outros trinta e nove presos pelo embaixador Ehrenfried Von Holleben que também havia sido sequestrado. Foi banido do país, vagou por países, rota da maioria dos exilados políticos. Passou pelo Chile, Itália, e Suécia onde trabalhou como repórter e condutor de metrô em Estocolmo.

 

 

Ex- abrupto

gabeira.1

Candidato ao governo do Rio de Janeiro em 1986 pelo Partido dos Trabalhadores, perdeu para o candidato Moreira Franco, em 1989 disputou a Presidência da República já pelo Partido Verde obteve a soma histórica de 0,18% dos votos. Em 1994 agora como candidato do PV do Rio de Janeiro, foi eleito deputado federal e assim se manteve por quatro mandatos consecutivos. Deu um pito avassalador no presidente da Câmara Federal – Severino Cavalcanti – considerando-o “vergonha para o país” e ameaçou da tribuna iniciar um movimento para derrubá-lo, caso este continuasse a apoiar empresas que utilizam trabalho escravo, foi um dos sub relatores da CPI das Sanguessugas. Em 2006 foi um dos deputados federais mais votados com 293 mil votos, até a guinada federal do ex- o que é isso ex companheiro. Para se tornar candidato à prefeitura do Rio de Janeiro, se alia ao PSDB.  Usou indevidamente sua cota parlamentar de passagens aéreas disponibilizando voos para outras pessoas viajarem com recursos públicos. Até hoje não sabemos quem foram estas pessoas que voaram com a cota parlamentar do então deputado federal. Vai dali, em daqui, continua na política, fica em segundo lugar nas eleições a governador do Rio de Janeiro em 2010, quando perde para Sérgio Cabral Filho. Abençoado pai. Já o filho….controvérsias a parte. Depois, nesse mesmo ano se casa politicamente com Marina Silva, convida a todos a participar da criação de um mundo melhor, e nesta mesma eleição, agora no segundo turno se declara companheiro de José Serra.  Em 2012 o ex que é isso ex companheiro, Lança o livro “Onde Está Tudo Aquilo Agora, onde apresenta a sua versão de ex revolucionário de esquerda, que até então lutou para implantar uma ditadura socialista no Brasil e não uma democracia.

 

 

 

De volta ao futuro

Hoje publica artigo narrando um dos discursos da presidenta Dilma Roussef onde afirma que as obras para Copa terão padrão brasileiro, não padrão Fifa. E interpreta a seu bel prazer o que de fato ela – presidenta quis dizer com a frase, induzindo o leitor a entender que os nossos padrões não são mais democráticos. O que é isso ex companheiro? (1)  Nas entrelinhas do artigo publicado no Estadão de hoje 06/06/2014, comemora o fim do jogo em que a Copa do Mundo foi perdida fora do campo, esperando com ansiedade singular, que seja ganha dentro do campo. Como assim cara pálida? Gostaríamos de verdade vê-lo jogando com todos nós brasileiros dentro campo, na busca incessante de um país mais digno e soberano, voltado a toda a sociedade, a todos os cidadãos, e não somente aos mais favorecidos. É uma pena que tenha escolhido jogar fora do campo, se fixando em números rasos entre 17 e 12 cidades onde a Copa deveria ser realizada, atacando por absoluta falta de coerência política o cidadão Lula de megalomaníaco. O que é isso ex- companheiro? (2) Depois de quatro legislaturas consecutivas, não lhe foi possível saber o tamanho e as dimensões continentais do país? Quem sabe agora com o programa na Globo News seja possível conhecer um pouco mais.

 

Gabeira  tentou  usar  presídios  para  se  promover  mais  uma  vez;  saiu daqui  invisível  como chegou…

Famoso por fazer qualquer coisa em nome dos 15 minutos de fama, o jornalista e ex-deputado federal carioca Fernando Gabeira chegou a posar de sunga de crochê roxa para se promover nos anos 70.

Na semana passada, ele tentou mais uma forma de aparecer em São Luís.

Sentou praça por alguns dias em frente ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas.Tentou entrar usando prerrogativas vencidas, mas não funcionou.

Tentou fazer-se de repórter; mais uma vez não conseguiu.

Até invadir o presídio tentou. E nada.

Ignorado por autoridades e pela mídia, Gabeira tentou chamar a atenção acampado e gritando a cada visita ao complexo.

Ontem, ele contou sua experiência em Pedrinhas – repetindo as mesmas frases feitas contra a família Sarney e a política do Maranhão – em um artigo no jornalão paulista O Estado de S. Paulo.

E continuou invisível…

gabeira-e-serra

Delatar que o Estádio Mané Garrincha beira o custo de R$ 1,5 bilhão, sendo mais caro até que o estádio do Qatar, que apresenta a maior renda per capita do mundo, induzindo os leitores a um entendimento distorcido, aliando incompetência e roubalheira jogando no mesmo saco alhos e bugalhos, sem cálculos comprovados, conforme descrito pelo próprio, nas linhas do artigo, é uso de má fé, jornalismo marrom, comparável à porta de cadeia. Pois então revele os números e a origem desses valores. Isso é que se espera de um jornalismo decente.

Depois continua o discurso vazio, bom barato e interesseiro a oposição, esta por sua vez não consegue se relacionar com a sociedade por falta de plataforma política, ausência de programa, sem papo reto com cidadãos. O Estádio de Natal só consegue lotação completa quando o papa visita a cidade, em Cuiabá no dia da visita da Fifa o governador e o presidente da Assembleia estavam presos, mas não revela de que partidos são esses senhores, e nem tampouco que estavam presos por desvios de recursos, por corrupção, e nem revela que são apadrinhados de juiz de toga do Supremo Tribunal Federal, onde entre bate bocas de togados, o Estado é permeado de jagunços que tomaram os poderes e são protegidos pelo Lei Suprema. Tem que informar o leitor do que se trata a prisão neste dia em que a Fifa esteve no Mato Grosso. Em Manaus na vasta imensidão do vazio, o que é isso ex- companheiro descreve uma arena amazônica e se diz perplexo, sobretudo quando encontra na Vila de Boim, a seis horas de barco de Santarém, o esforço de comunidades para jogarem sua própria Copa, numa região de floresta para a qual não existe política de esporte. O que é isso ex – companheiro? É bem provável que não exista mesmo. Onde estão estes recursos? Também não foi capaz de informar.

gabeira.3

O discurso dos coxinhas em relação a Copa é um balé acrobático, uma tentativa desesperada de abordar fatos que continuam sendo os mesmos de que, quando estiveram a frente do poder e não o fizeram. Falar agora que não foi uma idéia feliz trazer a Copa para o Brasil é de uma profundidade de uma xícara de café. Ao mesmo tempo que troçam a Copa com discurso cínico, mentiroso, degradante, enaltece e diz que devemos torcer pelo Brasil dentro do Campo: Tudo isso que escrevo não significa que a copa não deva ocorrer, muito menos que devemos deixar de torcermos pela vitória dentro do campo. Isso é mesmo uma linguagem dúbia, cínica, degradante do que se tornou a elite brasileira. Porque tanto ódio, tanto rancor, tanta cisma em compartilhar a riqueza da Nação entre os seus cidadãos. Que inferno esse tal mercado, essa sanha incomensurável de deter riqueza. A serviço de quem você está agora nobre ex- camarada?

[ É triste, lamentável assistir o cinismo amplamente divulgado pelos nossos ex- heróis, pelos ex o que é isso companheiro?  Quando os militares se deram conta que não tinham um plano para o país, trataram de promover a abertura lenta e gradual, e não bateram em retirada desordenada como infere o artigo. Enquanto muitos estavam vivendo a dor dos corações dilacerados no exílio, nós brasileiros que ficamos aqui, continuamos levando porrada, e lutando com fé e faca amolada para que vocês retornassem ao lar nação.

O discurso que empreendemos agora é voltado para frente sim. Não queremos de volta a ditadura militar, e também não queremos essa ditadura midiática da qual você optou e passou a defender. O que você atribui como gasto irracional do governo atende milhões de brasileiros que até então, sempre foram desamparados por vocês, direita entreguista que se posicionam a entregar os bens e as riquezas, fruto do trabalho dessa gente bronzeada, não pelo sol de Ipanema, mas sim, pelo agreste e sertão, desde os tempos imemoriais das ligas camponesas, e dos navios negreiros que aportavam nas baias de todos os santos. De fato, quando ouço você escrever : “ as vezes quando defendemos o salário do povo, estamos defendendo nossos próprios salários” Essa sim é a sua dissimulação.

De fato desejamos todos um governo inteligente e conectado, transformando um sistema político que o Congresso Nacional, da qual fizeste parte, não interessa em modificar, convivemos com sanguessugas que para muito além do sangue, tentam voltar a sugar os sonhos e as esperanças de uma gente batalhadora, sofrida que durante todo esse tempo histórico, foi deixado de lado, foi usado para trabalhar e enriquecer os ricos e suas mazelas. Emplacar o poder central da nação, é um direito sagrado e honesto. Desde que esse poder que emana do povo, seja voltado para esse próprio povo. Relativizar o poder como tática futebolística, dizendo que Dilma está em penúltimo lugar na tabela, depende de qual campeonato desejamos falar. Se for no campeonato da escravização do povo, é verdade! Ela está em ultimo lugar, apenas para ilustrar, nesse mesmo campeonato, muitos gols foram marcados, casa própria, universidade, ensino técnico e bolsa família, contribuem em alto grau para atingirmos a área do adversário (fome, pobreza, etc.etc.) e seguimos marcando gol de placa, e estamos assistindo da arquibancada o jogo da libertação.

 

Em recíproca, quando Cazuza dizia, suas palavras não correspondem aos fatos, sua piscina está cheia de ratos. Aceitar suas palavras não correspondem aos fatos e limpar a piscina política, o parlamento, e o Supremo, não tem sido fácil, mesmo com a artilharia eletrônica  mobilizada, enfrentamos a ditadura dos meios de comunicação que querem voltar atras, querem retroceder na história em nome de um lucro desmesurado as custas do sofrimento da maioria.  Assistiremos uma Copa civilizada e com a presença de cidadãos de várias partes do mundo, vinculadas e acostumadas a um bom jornalismo, com fatos e contrapontos, direito de respostas e mídia regulada voltada ao benefício da população, muito diferente desta a qual você se presta a servir. Não perderemos o tônus e nem deixaremos nos encantar por bravatas pseudo –nacionalistas, estas sim, um tanto dissimuladas. Para encerrar você diz que perdemos tempo, dinheiro, operários, moradias, irresponsabilidade que nem a vitória no campo conseguirá apagar. E não tenho como discordar. E antes? E nos anos 70,80, 90, estávamos perdendo os mesmos tempos, dinheiros, operários, sem moradias, sem comida, sem estudo, taxa de mortalidade infantil nas nuvens, e vocês estavam lá no poder. Porque não iniciaram esta tarefa lá!? Porque agora, esse ódio malévolo dissimulado em pretensos textos intelectuais?

 

Em resposta ao Artigo publicado no jornal O Estado de São Paulo em 2014

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s